25 ANOS
DE CIRCULAÇÃO ININTERRUPTA
1993-2018
Rua Eleotério Tavares, 248 – Rocio Pequeno
(47) 3444.1926 | São Francisco do Sul - SC
jornalnossailha@jornalnossailha.com.br

Recordar é viver

Eu sou do tempo em que havia em São Francisco do Sul o famoso conjunto musical "JAZZ CEVADA".
O JAZZ CEVADA animava festas inesquecíveis como a Festa Alemã que era realizada no Salão da Igreja Luterana que fica em frente a Delegacia de Policia local. Iniciava na sextafeira e só terminava na madrugada de domingo. Eram três dias de muita animação com muita dança, comidas e diversões diversas, sempre com a animação do "JAZZ CEVADA".

Seus componentes eram os inesquecíveis amigos: CHAMBERLAIM (Acordeon), NAZÁRIO (Cavaquinho), FEIO - O COME PÃO(Na Gaita), CARVALHINHO (No Bumbo e voz), AMADEU (No repique), NÉLIO (Como ritmista) e o inigualável "TITO MARTINS (SIRI)" (No Violão do Diabo e voz).

O JAZZ CEVADA nada cobrava para suas apresentações só exigia o fornecimento de bebidas e comidas gratuitas. Certa vez, tocamos um Baile Junino do Lions Clube no Salão Vitória e após o encerramento, fomos procurados pela comissão de festa e pelos diretores do Lions Clube, Sr. José Costa e Floriano Possamai que tentaram um acordo para que cobrássemos um valor pela a apresentação (e não pela comida e bebida gratuita), já que os meninos comiam e bebiam demais e se assim não fosse a festa daria prejuízo. Realmente éramos imbatíveis no comer e beber

A nossa agenda estava sempre lotada principalmente para as cidades de Jaraguá do Sul, Pomerode, Brusque, Mafra, Curitiba e tantas e tantas outras. Chegamos inclusive a nos apresentar na cidade do Rio de Janeiro, contratados que fomos (sempre pela hospedagem, comida e principalmente bebida.

A nossa apresentação era para os fins de semana (três dias) e acabamos ficando dez dias. A cariocada divertia- se com as palhaçadas e o lado cômico do JAZZ CEVADA. O giro pelo Rio de Janeiro foi inesquecível e será tema de futura edição.

Que saudade. Até breve, Fui...

Nélio Salles
francisquense de coração